História

por Programa Interlegis — publicado 26/05/2017 10h34, última modificação 26/05/2017 11h25

História Política de Apuí

por Itajair Huberti Jung publicado 17/11/2014 19h50, última modificação 26/05/2017 11h24
http://www.apui.am.leg.br/institucional/historia/resumo-da-historia-politica-de-apui-2

Resumo da História da Política Municipal

 

O Município de Apuí teve sua emancipação política através da Lei Estadual Nº 1.826, de 30 de dezembro de 1987. No início de 1988 o Governador do Estado do Amazonas Senhor Amazonino Mendes, nomeou o Senhor João Alves Torres Netto como administrador provisório do município de Apuí, até que fossem realizadas as eleições para a posse do Prefeito, que seria eleito nas eleições daquele ano, juntamente com a primeira Câmara. Com a realização da eleição, foi eleito Prefeito Vitor Cezar Catuzzo Marmentini, tendo como Vice Edimar Vizolli. Para a constituição da primeira Câmara Municipal, quadriênio 1989/1992 foram eleitos Antônio Carlos Bicalho, Luiz Carlos Caetano dos Santos, Manuel Carlos Jorge Pascoal, Cláudio Luiz de Oliveira e Silva, Agenor Mates, Valmor da Silva, Juarez Justino Detoni, Zilda Cardozo Portella e Jorge de Miranda, que teve Agenor Mates como seu primeiro Presidente. Durante os 04 anos da primeira legislatura, também atuaram como Vereador os suplentes: José São Miguel, Airton Sérgio Pereira, Juracy Nicolau de Paula, José Francisco de Macedo, Rubi Leobert e Benjamin Rodrigues Gomes. Em 1° de janeiro de 1989, quando ocorreu a posse dos primeiros políticos eleitos, tanto a Prefeitura quanto a Câmara Municipal não dispunham de sede própria. Diante disso, a Prefeitura continuou funcionando em uma casa de madeira localizada na Avenida Mário Andreazza, entre a Rua 13 de Novembro e Rua Paraná, onde já funcionava a Administração Municipal provisória. Inicialmente, a parte térrea foi cedida para uso da Câmara Municipal no período noturno, onde os vereadores realizavam duas sessões por semana. Os livros de atas e os documentos da Câmara eram mantidos numa pequena sala localizada na parte térrea da residência do Presidente da Câmara, Senhor Agenor Mates, localizado onde hoje se encontra a Loja Salete.  Passados alguns meses o Município adquiriu o prédio no qual hoje funciona o Banco Bradesco para que nele funcionasse a Câmara Municipal e onde o Legislativo se instalou e realizou a primeira reunião no dia 21 de outubro de 1989.

Já no início de 1990, o BEA – Banco do Estado do Amazonas manifestou interesse em se instalar no Município de Apuí e o prédio foi cedido para uso do mesmo. Com isso a Câmara retornou para uma minúscula sala localizada na parte térrea da residência do Presidente da Câmara Municipal, Vereador Agenor Mates, onde também eram realizadas as sessões. De lá retornou ao térreo do prédio da Prefeitura Municipal e, novamente, mudou-se para o térreo da residência do Vereador Agenor Mates, de onde, mudou-se para a Sala 08 do antigo Prédio da Escola Estadual Professor Gilberto Mestrinho, hoje Escola Estadual Amazonino Mendes e, por fim, já nos últimos meses da primeira legislatura, quando a mesma já era presidida por Manuel Carlos Jorge Pascoal, mudou-se para o local onde funciona atualmente. Convém lembrar que nos primeiros dois anos a Câmara Municipal atuou sem nenhuma autonomia financeira; os recursos de que necessitava eram solicitados previamente do Executivo e a prestação de contas era realizada de forma conjunta.

Os anos de 1989 e 1990 se caracterizaram pelo isolamento do Apuí em ralação ao restante do País. Nessa época foi definitivamente interrompido o trafego na BR 319, estrada que ligava Porto Velho/Manaus, e a Empresa de Transporte Coletivo União Cascavel suspendeu a linha que fazia entre Humaitá e Apuí. A cidade não contava com serviço de telefonia; não havia nenhum jornal ou periódico em circulação; não existiam repetidoras de TV e a forma de comunicação mais confiável era feita através de rádio amador.

Os vereadores da segunda legislatura, quadriênio 1993/1996, foram eleitos em 1992 e empossados em 1° de janeiro de 1993. Foi composta pelos vereadores: Hilária Bandeira, Ezequias Antônio de Melo, Gilmar Assunção, Agenor Mates, Romildo Cavichioli, Roque Raimundo Soeiro, Lucindo Maria Anzileiro, Gilson de Souza Pavão e Quitéria Ramos da Silva. Também assumiu  num curso período o Suplente Pedro de Souza Pinheiro. Teve Hilária Bandeira como Presidente durante o Primeiro Biênio e Ezequias Antônio de Melo durante o segundo e eleitos Prefeito Senhor Edimar Vizolli e Vice Prefeito Antonio Roque Longo.

A Terceira Legislatura, quadriênio 1997/2000, foi formada pelos vereadores Ezequias Antônio de Melo, Clério Rodrigues de Souza, Valdevino Jesus Gonçalves, Gedes Rosa da Silva, Maura Roling Galvan, Everaldo Zeni, Marcos Antônio Lise, Magna Aparecida de Oliveira e Dorvalino Lagasse. Também assumiram os Suplentes Gilsério Silva Mota e João Raimundo Martins, tendo o Vereador Marcos Antonio Lise como Presidente no Primeiro Biênio e o Vereador Everaldo Zeni, como Presidente do Segundo Biênio e eleitos Prefeito Senhor João Alves Torres Netto e Vice Prefeito Senhor Adalmir de Almeida Sena.

A Quarta Legislatura, quadriênio 2001/2004, foi formada pelos vereadores Marcos Antonio Lise, Gilsério Silva, Mota, Gedes Rosa da Silva, José Ricardo Gonçalves Maciel, Reginaldo de Souza Santos, Adimilson Nogueira, Almir Rodrigues dos Santos, Olices Oliveira Lima e Pedro Ponciano Alves. Também assumiram os Suplentes Juvenal Belo da Hora, Edite Jacinta Marcon, Joaquim Soares Filho, Raimundo Soares Amazonas, Valdivino Jesus Gonçalves e Gilson de Souza Pavão, tendo o Vereador Marcos Antonio Lise como Presidente no Primeiro Biênio e o Vereador Reginaldo de Souza Santos, como Presidente do Segundo Biênio e eleitos Prefeito Senhor Antonio Roque Longo e Vice Prefeito Senhor Aminadal Gonzaga de Souza.

A Quinta Legislatura, quadriênio 2005/2008, foi formada pelos vereadores João Raimundo Martins, Janes Rocha Neves, Juvenal Belo da Hora, Adimilson Nogueira, Almir Rodrigues dos Santos, Pedro Ponciano Alves, Domingos de Jesus do Bonfim, Paulo Sérgio Boza e Raimundo Nonato Silva. Também assumiram os Suplentes Gilson de Souza Pavão, Antonio Carlos dos Santos e Lenilvaldo Ferreira, tendo o Vereador João Raimundo Martins como Presidente no 1º biênio e o Vereador Janes Rocha Neves, como Presidente do 2º biênio e reeleitos Prefeito Senhor Antonio Roque Longo e Vice Prefeito Senhor Aminadal Gonzaga de Souza.

A Sexta Legislatura quadriênio 2009/2012 foi formada pelos vereadores Osvaldo Figueiredo Maia, João Raimundo Martins, Almir Rodrigues dos Santos, Pedro Ponciano Alves, Valcir José DallAgnol, Ocimar Moreira da Costa, Cherstelles Pereira Zamproni, Gilsemar Silva Mota e Marcos Antonio Lise. Também assumiram como Suplente Ocivaldo Souza Sales e Ivo Fester e, tendo o Vereador Osvaldo Figueiredo Maia como Presidente no primeiro Biênio 2009/2010, e o Vereador  Marcos Antonio Lise como Presidente no segundo Biênio 2011/2012,eleitos Prefeito Senhor Antonio Marcos Maciel Fernandes e Vice Prefeito Senhor Adimilson Nogueira.

A Sétima Legislatura quadriênio 2013/2016, é formada pelos vereadores Vagner da Silva Luiz da Silva, Carlos Weber Passos dos Santos, Marcos Antonio Alves Lima, Cleves Pires dos Santos João Raimundo Martins, Dirlan Gonçalves Souza, Jadson de Oliveira Martins, Juvenal Belo da Hora e Revelino Martinelli, tambem assumiu com suplemte o Vereador Ocivaldo Sousa Sales, tendo o Vereador Vagner da Silva Luiz da Silva, como Presidente no Biênio 2013/2014, e Vereador Marcos Antonio Alves de Lima, como Presidente no Biênio 2015/2016, e eleitos Prefeito Senhor Adimilson Nogueira e Vice Prefeito Senhor Delmar José Hister.

A Oitava Legislatura quadriênio 2017/2020, ou seja, a atual Legislatura  é formada pelos vereadores Gilberto Vizolli, Gevan Pires Barbosa, Ocivaldo Sousa Sales, Carlos Alves da Silva, Antonio Carlos Moisés Franco, Carlos Weber Passos dos Santos, Bruno José de Morais, Valmir de Camargo dos Santos, José Ribamar de Araujo, Roberto Willian Braga Gomes e Flaviano Carvalho de Souza, tendo o Vereador Gilberto Vizolli, como Presidente no Biênio 2017/2018, e eleitos Prefeito Senhor Antonio Roque Longo e Vice Prefeito Senhor Marcos Antonio Lise.

LEI DE CRIAÇÃO DO MUNICIPIO DE APUI

por Itajair Huberti Jung última modificação 18/11/2014 14h08

PDF document icon LEI ESTADUAL Nº 1.826, 30 DE DEZEMBRO DE 1987.pdf — Documento PDF, 208 KB (213212 bytes)

Apui Ontem e Hoje

por Itajair Huberti Jung publicado 25/11/2014 19h32, última modificação 25/11/2014 19h32
Aqui vc pode conhecer um pouco da história de Apuí e seus principais colonizadores

O endereço do link é: http://www.facebook.com/groups/apuiontemehoje/

Ações do documento